Um Blog que visa informar, conscientizar e diminuir preconceitos frente á uma Rara Doença...
Minha caminhada pessoal contra um Tumor Cerebral localizado na Glândula Hipófise.
Uma Luta contra a Síndrome de Cushing!! Vencendo!!

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Dosagem Hormonal

Cumprindo com o Prometido terminarei o Protocolo de Exames...

Avaliação Hormonal

  Androstenediona:
Androstenediona e um hormônio esteroide andrógenico produzido pelo cortex adrenal e gonadas. E um corticosteroide e um intermediario no metabolismo dos andrógenos e estrógenos. A Androstenediona e produzida a partir da 17-hidroxiprogesterona e Dehidroepiandrosterona. E o esteroide produzido em maior quantidade pelas celulas intersticiais do ovário. Nas mulheres, a androstenediona e a maior fonte precursora da testosterona.
Sua producao encontra-se aumentada nos casos de Sindrome de Cushing, Hiperplasia Adrenal Congenita, Sindrome dos Ovarios Policisticos, Hirsutismo Idiopatico.
Sua concentracao encontra-se reduzida na Doença de Addison.

Estradiol ou E2 Abreviatura de estradiol:

Hormônio produzido pelos folículos ovarianos e que determina as características sexuais femininas. Quando o FSH induz o crescimento dos folículos, estes produzem quantidades cada vez maiores de estradiol. Quando existem poucos folículos ou seu funcionamento não é adequado, a quantidade de estradiol no sangue se torna baixa, o que acarreta uma redução das características sexuais femininas. Isto ocorre na menopausa, e em demais doenças, e pode ser tratado através da reposição hormonal com estradiol.

11-desoxicortisol (Composto S):

O cortisol é formado na glândula adrenal pela ação enzimática da 11-beta-hidroxilase sobre o 11-desoxicortisol. Quando há deficiência dessa enzima, há aumento na secreção do ACTH e os níveis de 11-desoxicortisol aumentam, com conseqüentes secreção aumentada de andrógenos (responsáveis pela virilização nessa forma de hiperplasia adrenal congênita) e hipertensão arterial. Essa deficiência enzimática representa cerca de 5% dos casos de hiperplasia adrenal congênita. Nos casos de deficiência da 21-hidroxilase, os níveis aparentes do composto S podem aumentar.

Valor de referência:

 Menor que 8,0 ng/mL

17-hidroxiprogesterona :


Este exame é realizado principalmente para identificar pacientes com hiperplasia adrenal congênita (HAC). A hiperplasia adrenal congênita é um distúrbio genético raro que resulta da deficiência de uma enzima que normalmente sintetiza cortisol na glândula adrenal. Esta deficiência resulta no acúmulo de esteróides precursores, como o 17-hidroxiprogesterona, bem como em níveis anormais de hormôniso esteróides, especificamente androgênios crescentes e glicocorticóides decrescentes.
 
Valores normais:

Homens: 0,3 a 3,2 ng/ml
Mulheres:  dias 1 a 10 do ciclo menstrual: 0,2 a 0,7 ng/ml
                  dia 10 até o fim do ciclo menstrual: 0,4 a 2,2 ng/ml
                  gestação - 12ª semana até o término: 2,2 a 12,9 ng/ml

O que significam os resultados anormais:

Níveis mais altos do que 20 ng/ml podem indicar hiperplasia adrenal congênita

DHEA, sulfato (sulfato de desidroepiandrosterona):

Este exame é usado para avaliar a função das glândulas adrenais. O sulfato DHEA é medido em mulheres que apresentam sintomas de virilismo (características do corpo masculino) ou hirsutismo (crescimento excessivo de pêlo) porque a glândula adrenal é a maior, se não a única, fonte de androgênios (hormônios masculinos) em mulheres. Também é medido como parte do planejamento de fertilidade, em crianças com puberdade precoce e para rastreamento de doenças genéticas raras resultantes de enzimas esteróide-sintéticas (que criam esteróides) deficitárias.
A medição do sulfato DHEA é um índice de secreção andrógena adrenal porque pouco deste metabólito (produto da degradação química) é formado nas gônadas (órgãos reprodutores).

Valores normais:

DHEA sérico: 0,2 a 0,9 mcg/dl

sulfato de DHEA sérico: 50 a 250 mcg/dl

O que significam os resultados anormais:

Secreção de androgênio adrenal anormal

Testosterona

Este exame é realizado quando os sintomas indicam que pode haver um nível anormal de testosterona no organismo.
A testosterona é um hormônio esteróide segregado pelas células de Leydig existentes nos testículos (nos homens) e no córtex adrenal e nos ovários (nas mulheres). A testosterona é necessária para o desenvolvimento e a preservação das caraterísticas sexuais secundárias do homem.
Nos homens, a produção e a secreção da testosterona são estimuladas pelo hormônio pituitário LH. A testosterona é metabolizada em 17-cetosteróides, que por fim vão parar na urina.

Valores normais:

no homem: de 437 a 707 ngr/dl (4-11 ngrs/ml)

na mulher: de 24 a 47 ngr/dl (0,30-1,10 ngrs/ml)

O que significam os resultados anormais:

Síndrome de Klinefelter
Doença ovariana policística (SOMP)
Câncer testicular 
Hipopituitarismo
Prolactinoma
Insuficiência testicular
Virilismo

PS: OS VALORES DE REFERÊNCIA PODEM MUDAR DE ACORDO COM O LABORATÓRIO, POR ISSO SÓ O MÉDICO PODE INTERPRETAR EXAMES...

4 comentários:

O Baú do Xekim disse...

Olá Karina.


Uma passadinha por aqui para te desejar feliz domingo e óptima semana.

Beijinhos.

Anônimo disse...

necessario verificar:)

Rafael disse...

Oi karina ... sou estudante de medicina e estava no google pesquisando sobre hormonios adrenais para um prova que vou ter, e acabei encontrando seu blog, sem querer dei uma olhada aqui para ver o que era o blog e tal, e acabei vendo um pouco da sua história e eu como futuro médico espero um dia encontrar pacientes com tanta força, garra e esperança como vc! eu te desejo muita sorte, força, luta !! que vc vai sair dessa, é só uma passagem de sua vida ! boa sorte que DEUS ilumine seus caminhos. Obrigado por todas informações, apesar de eu ser o estudante e futuro médico eu aprendi com você coisas sobre a própria medicina além da teoria mais uma parte humana! te cuida !!

Karina - Frei-Sein disse...

Obrigada Rafael!! Com certeza você será um excelente médico... Prova disso é esse teu carinho ao olhar minha história de luta contra uma doença!! Você esteve aqui e me viu como um pessoa e não simplesmente como uma patologia!! Fico Feliz por te lhe ajudado com algumas informações... Sinta-se a vontade para voltar quando quiser!!

Beijos Enormes para ti!!

PS: Espero que tenha ido bem na prova!!